Pages

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Será que um dia o Brasil será um País Sério?


O STF considerou inconstitucional o interrogatório de réus por meio de vídeos-conferência. Um preso que cumpria pena por roubo e fora condenado a sete anos teve seu julgamento e conseqüentemente sua pena cancelada, pois recorreu da punição alegando justamente o uso de vídeo-conferência.

Todos que tiveram em seus processos, alguma etapa com o auxílio de vídeo-conferência poderão fazer a mesmíssima coisa e sair rindo da nossa cara.

Outra notícia deste que é o país da piada pronta, como diz José Simão: a medida que regulamenta uma pena específica para o seqüestro relâmpago está tramitando desde 2004 entre Senado e Câmara Federal e nada é decidido.

Pois bem, então o que é constitucional neste país? Um vereador ganhar 30 salários mínimos fora as verbas de gabinete e outros bônus? Um deputado ganhar uns 50 salários mínimos para trabalhar de 3ª a 5ª, isso quando aparece por lá? É ver de 3 em 3 meses o judiciário e o legislativo aumentando os próprios salários e benefícios, sempre acima de um teto que nunca tem fim?

É você não poder atender um celular nas ruas ou mesmo usar um relógio legal porque certamente vão te roubar e se der sorte, só roubar — sem agredir ou matar? É torcer para que não invadam sua casa, pois não se tem lei específica para isso e o “invasor” sairá antes do próximo horário de verão? É pagarmos a maior taxa real de juros do mundo e trabalharmos 4 meses somente para pagar impostos e não recebermos de volta nem sistema público de saúde, nem educação, nem segurança, nem nada!?

Eu ainda não tenho filhos, mas espero sinceramente ter a oportunidade de criá-los bem longe daqui, pois tenho vergonha das pessoas que NÓS elegemos e que fazem deste país uma lástima.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

sequestro na China

assistam (grupos de elite brasileiros) e aprendam e voltem para os treinamentos !!!

momento F.D.P

Crise financeira ameaça comércio na América do Sul

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Líderes europeus à procura da solução para a crise...

E enquanto isso no Brasil...

Polícias do Brasil e EUA: Qual a diferença?


Após o caso Eloá, discute-se a falta de preparo e equipamentos da polícia brasileira. Isso aconteceu também no caso do ônibus 174 no Rio de Janeiro.

Nesse falatório em que “especialistas” pipocaram em todos os meios de comunicação, lembrei de uma matéria interessante sobre as diferenças da polícia brasileira e norte-americana, publicada na revista Superinteressante que não fala de aparatos, mas sim da hierarquia, da organização.

Resumindo, a principal diferença é a burocracia, causada em grande parte pela hierarquia completamente absurda que temos. Quanto mais “degraus” mais corrupção, mas incompetência. Isso em todos os setores basta ver a política…

Mas como é a organização de lá? Nos Estados Unidos a polícia é municipal, não estadual, como aqui. No Brasil, existe a Civil e Militar, onde cada uma cumpre sua função: a Militar mantém a ordem pública reprimindo ou prevenindo o crime, e a Civil investiga depois que um crime é constatado.

Salário: um PM de São Paulo, começa com cerca de 1500 reais contra 2500 dólares em Nova York.

Hierarquias

POLÍCIA NORTE-AMERICANA

  • Prefeito
    Chefe oficial da polícia, só é consultado em casos graves.
  • Comissário
    Indicado pelo prefeito, é o coordenador administrativo.
  • Delegado administrativo
    Nomeado pelo comissário, é um “síndico” que comanda cada delegacia e seus departamentos.
  • Chefe de departamento
    Chefia um dos departamentos, como o de homicídios, crimes de trânsito, desaparecidos etc.
  • Xerife
    Atende cidades muito pequenas e, quando preciso, pede um reforço aos vizinhos maiores.
  • Agentes não fardados e especiais
    Depois de um ou dois anos, os oficiais podem concorrer para ocupar vagas na área investigativa.
  • Oficial de polícia
    Começam como policiais de rua, fardados e fazendo rondas.
  • Civis auxiliares
    Há programas de treinamento para civis, que denunciam atos suspeitos em seus bairros.
  • UNIDADE ESPECIAL
    Só um grupo especial é usado nos EUA: SWAT
    Special Weapons and Tactics (SWAT) é o nome genérico dos grupos especiais da polícia americana. Podem atuar em atividades muito diferentes, do resgate de reféns à escolta de autoridades. São chamados nos casos de alto risco, mas os policiais não ficam parados enquanto esses eventos não acontecem. Geralmente fazem rondas como policiais comuns, e a qualquer momento o rádio chama e eles se deslocam para a ocorrência mais grave.
  • FBI
    Órgão investiga e faz pesquisa científica

Tanto o Federal Bureau of Investigation (FBI) quanto a PF investigam crimes nacionais, como questões de fronteira e espionagem — no caso dos EUA, inclui-se aí também o terrorismo. Ao contrário da PF, o FBI conta com químicos e engenheiros em sua área de pesquisa, que cria equipamentos de perícia e detectores de documentos falsos.

POLÍCIA BRASILEIRA

  • PM
    Reprime para manter a ordem, enquanto Civil investiga crimes
  • Governador
    Autoriza as ações mais importantes, como a entrada em um presídio tomado pelos detentos.
  • Secretário da Segurança Pública
    Coordenador efetivo das polícias, já que o governador não segue a rotina policial.

MILITAR

  • Coronel
    Responde por regiões do estado. Lidera até 3 mil PMs.
  • Tenente-coronel
    Chefia cerca de 500 membros, e três a cinco unidades menores.
  • Major
    Auxilia o tenente-coronel no comando do batalhão.
  • Capitão
    Lidera cerca de 120 policiais.
  • Tenente
    É o “meio-de-campo” entre seu superior e a rua.
  • 1º, 2º e 3º sargentos
    Comandam grupos de cerca de dez soldados em rondas e patrulhas.
  • Soldado
    Fica nas ruas, reprime e previne os crimes.

CIVIL

  • Delegado de classe especial
    Chefia grandes unidades, como o Departamento de Homicídios ou o de Narcóticos. Lidera até mil agentes.
  • Delegados de 1ª, 2ª e 3ª classes
    Chefiam desde delegacias de bairros nobres a grupos com até 300 policiais.
  • Delegados de 4ª e 5ª classes
    Chefia DPs menores ou faz plantões nas maiores.
  • Agentes
    Analisam o local do crime e suas provas e colhem depoimentos.

OS ESPECIALISTAS

  • Bope
    No Rio de Janeiro.

Em São Paulo existem mais unidades especiais:

  • CHOQUE
    Tropa da PM com batalhões para ações de alto risco, como perseguição a bandidos e contenção de rebeliões.
  • COE
    Comando de Operações Especiais, seus PMs entram em matas, parques e rios e buscam corpos e desaparecidos.
  • GATE
    Grupo de Ações Táticas Especiais da PM. Negocia com seqüestradores que têm reféns e faz desarmamento de bombas.
  • GOE
    Unidade de repressão da Civil, o Grupo de Operações Especiais ajuda o Choque em ações como megarrebeliões.
  • GARRA
    Também da Civil, o Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos é treinado na troca de tiros e perseguição de fugas.
  • PF
    Das operações contra corrupção à emissão de passaportes

No Brasil, a PF é como se fosse uma Polícia Civil para crimes de porte nacional, como as questões de imigração, tráfico de drogas e armas e contrabando. Também investiga fraudes e corrupção e emite passaportes, além de treinar profissionais de segurança privada. As polícias locais não são subordinadas às federais — são instâncias diferentes que, quando necessário, trabalham em conjunto.

Resumindo: é muito cacique pra pouco índio.

Motivos do Brasil ser o que é

SÃO PAULO - Cerca de 30 mil pessoas passaram pelo velório e 10 mil acompanharam o enterro da adolescente Eloá Cristina Pimentel da Silva, 15 anos, nesta terça-feira… “

“…Milhares de populares manifestam contra os pais de Isabella Nardoni…”


Porra, vão procurar emprego bando de fdp ociosos!

O mundo esfarelando, a economia afundando e esse bando de desempregado, aposentado e vagabundo fazendo barulho por causa de uma, das 3942 tragédias que acontem por dia no Brasil.Nojo deste país.

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Haverá um dia em que ...

A felicidade voltará para todos...


Será o dia em que:

GENUINO será algo verdadeiro;

ROSINHA apenas flor;

GAROTINHO um moleque safado;

GENRO apenas o marido da filha;

SERRA um acidente geográfico;

SEVERINO apenas o porteiro do prédio;

FREUD voltará a ser só o criador da Psicanálise;

LORENZETTI será só uma 'marca de chuveiro';

GREENGALGH voltará a ser um almirante que

participou de nossa história;

Dirceu, Palloci, Delúbio, Silvio Pereira, Berzoini, Gedimar, Valdebran, Bargas, Expedito Veloso, Gushiken, Renan, etc,


serão simples presidiários.

E LULA APENAS UM FRUTO DO MAR!!!


E agora, quando olho meu título de eleitor

entendo o verdadeiro significado de

Zona Eleitoral .

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Vídeo mostra a primeira entrevista de Lindemberg

A Rede Record teve acesso a uma entrevista de Lindemberg Alves, o assassino de Eloá Cristina, na qual ele declara-se culpado e apaixonado pela garota.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Seqüestrador é transferido para CDP de Pinheiros

Se tivessem feito o que eu disse , esse pederastra não estaria vivo . todas as polícias de nosso país tem que voltarem a ser treinadas. para que ações desastrosas como essa deixem de acontecer.

domingo, 19 de outubro de 2008

email falso

Nota de esclarecimento
Chateia quando usam a Internet para espalhar informações que não procedem!

Enviaram-me hoje um e-mail dizendo que o sangue do nosso presidente é do tipo A-peritivo, e o dos eleitores dele é do tipo O-tário. É muita sacanagem e falta de ética, usar a Internet para passar esse tipo de coisa...


Temos que divulgar informações corretas!

O sangue do presidente é do tipo B-bum e o dos eleitores AB-estalhados.

'A mentira tem perna curta, língua presa, barba branca e um dedo a menos na mão.'

Momento Agora Fudeu! (fail)



Pena que está acabando!

video

Bala atravessou toda a cabeça de Eloá, diz médico


O neurocirurgião Marco Túlio Setti, que faz parte da equipe que operou Eloá Cristina Pimentel, de 15 anos, disse na manhã deste sábado (18) que o estado de saúde da jovem piorou em relação a sexta-feira (17). Setti diz que Eloá está na pior pontuação numa escala que vai de 15 a 3 e existe a possibilidade de morte cerebral. Se sobreviver, contou, ela corre o risco de ficar em estado vegetativo permanente.

A garota foi baleada pelo ex-namorado Lindemberg Alves, de 22 anos, após seqüestro de 100 horas em Santo André, no ABC, e está internada no Centro Hospitalar Santo André. Setti disse que Eloá está sendo retirada do coma induzido para verificar como o organismo vai se comportar sem a medicação. Essa avaliação pode levar até seis horas. A bala atravessou toda a cabeça de Eloá e, de acordo com o médico, não há resposta de atividade cerebral.

Em lesões cerebrais causadas por armas de fogo, afirmou Setti, os danos costumam ser “desastrosos”, com risco de estado vegetativo permanente. “O mais grave foi a proximidade da arma na cabeça”, disse o médico, em relação ao tiro à queima-roupa.

Três neurocirurgiões participaram da operação, que durou pouco mais de três horas. Nao há previsão para a retirada do projétil e, de acordo com Setti, a prioridade da cirurgia era reconstruir os tecidos destruídos pela bala.

O estado de Nayara Silva, porém, é mais animador, diz o cirurgião bucomaxilofacial Gabriel Pastore, que participou da cirurgia que retirou a bala alojada na boca da adolescente, na noite de sexta-feira (17).

Segundo médico, Nayara amanheceu bem, tem um bom quadro pós-operatório, respira sem aparelhos desde o fim da cirurgia – que durou duas horas e meia – e não apresenta sinais de infecção. “Ela evoluiu bem, e há previsão de alta nos próximos dias”, disse. A garota, porém, segue internada na unidade de terapia semi-intensiva para que seja monitorado o risco de infecção.

“O edema diminuiu, e ela se alimenta normalmente por via oral, sem necessidade de sonda”, diz. O tiro, diz o médico, não atingiu a garota à queima-roupa. A bala entrou pelo lado direito do nariz, desceu em direção à boca, atingiu o dente canino esquerdo, o osso que dá suporte ao nariz e o osso da mandíbula. Apesar de o tiro ter atingido a mão esquerda, o médico disse que a lesão não foi grave e só atingiu “tecidos moles”.

Ainda de acordo com Pastore, não há previsão de segunda cirurgia para Nayara. Se for necessário, diz, será para fins estéticos, como implante do dente perdido e reparação da face. “Mas isso não é para agora, só daqui a 60 ou 90 dias”.

Perguntou pela amiga

Pastorel contou aos jornalistas que, logo que chegou ao hospital, Nayara perguntou pela amiga e quis saber se ela também estava sendo atendida. Outro médico da equipe disse que Eloá estava vindo e pediu que Naiara ajudasse na recuperação dela mesma colaborando com a equipe e dizendo o que estava sentindo, relatou o médico.

De acordo com a diretora do hospital, Rosa Maria Pinto Aguiar, os pais de Eloá estão no hospital. “Eles estão muito abalados. O pai teve uma crise hipertensiva ontem novamente”, disse. Os de Nayara passaram a noite no Centro Hospitalar.

Um novo boletim sobre o estado de saúde das meninas será divulgado pelo hospital às 17h deste sábado.

Desfecho trágico

As duas adolescentes ficaram feridas no desfecho do seqüestro que durou mais de 100 horas. Na segunda-feira (13), por volta das 13h30, motivado por ciúmes, o jovem Lindemberg Alves, antes considerado calmo pelos amiigos, invadiu o apartamento da ex-namorada e chegou a manter quatro reféns.

No mesmo dia, ele libertou dois adolescentes que estavam no local para realizar um trabalho escolar de geografia. No dia seguinte, libertou a amiga da ex-namorada, Nayara Silva. Entretanto, como parte das estratégias de negociação, ela voltou ao apartamento na manhã de quinta-feira (16).

O jovem chegou a falar em entrevistas que iria libertar também a ex-namorada, mas as negociações não avançaram. Um promotor de Justiça esteve nesta sexta no local com um documento que dava garantia de que o seqüestrador não seria ferido ao se entregar. O advogado do jovem disse que essa era uma de suas exigências e havia expectativa de que ele se entregasse no começo da noite.

Quando a polícia organizava uma coletiva de imprensa para falar sobre as negociações foi ouvido um estrondo. Às 18h08, a PM afirma que policiais que estavam em um apartamento ao lado do cativeiro ouviram um tiro disparado pelo seqüestrador. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) explodiu a porta e deteve Lindemberg. A adolescente Nayara deixou o apartamento andando, enquanto Eloá, carregada, foi levada inconsciente para o hospital. O seqüestrador, sem ferimentos segundo a polícia, foi levado para a delegacia e, depois, para a cadeia pública da cidade.

sábado, 18 de outubro de 2008

Estado de saúde da ex-namorada do seqüestrador piora, diz médica


SÃO PAULO - Piorou o estado de saúde da adolescente Eloá Pimentel, de 15 anos, ex-namorada do seqüestrador Lindemberg Fernandes Alves. O neurocirurgião Marco Setti afirmou que a adolescente, baleada na cabeça durante o seqüestro que durou 100 horas, em Santo André, na Grande São Paulo, está sendo retirada do coma induzido. O médico afirma que o estado dela é gravíssimo e há risco de ela entrar em morte cerebral. A bala, de acordo com o médico, entrou pelo lado direito do crânio e fez uma trajetória descendente até parar no cerebelo esquerdo, perto da nuca. O projétil não pôde ser retirado do local. Segundo ele, o tiro parece ter sido disparado bem próximo da cabeça da vítima, por causa do tipo de dano causado.

- Após cirurgia (realizada na noite de sexta-feira), a Eloá apresentava sinais neurológicos favoráveis. Agora ela não apresenta mais esses sinais - afirma o médico, acrescentando que a piora foi significativa e que há poucas chances de sobrevivência.

- Esperamos que ela sobreviva, mas está muito grave -afirmou Rosa Aguiar, diretora do Centro Hospitalar SAnto André, onde Eloá está internada. , acrescentando que Eloá precisou ser submetida a transfusões de sangue durante a noite.

Eloá Cristina Pimentel Silva e Nayara Rodrigues Vieira, ambas de 15 anos, foram baleadas após 100 horas de seqüestro em Santo André. Eloá levou dois tiros, um na cabeça e outro na virilha, e está em coma. Ela perdeu muita massa encefálica e seu estado é gravíssimo. Nayara foi baleada na boca, mas não corre risco de morrer.

Eloá está na Unidade de Terapia Intensiva. Ela já foi operada na noite de sexta-feira. Os na área conhecida como cerebelo, afirma a médica Rosa Aguiar. Em entrevista, diretores do hospital informaram que, numa escala de 1 a 10, o risco de morte é 9. Eles também não têm condições de dizer se ela ficará com seqüelas caso sobreviva.

A outra adolescente baleada, Nayara Rodrigues, está bem, segundo a médica. Nayara está na unidade semi-intensiva, mas está consciente e conversa com os médicos. De acordo com Rosa Aguiar, ela pode ter alta em até 10 dias. Segundo a médica, os profissionais que atendem Nayara não perguntam sobre o seqüestro. Ela afirmou que a menina ainda não tem condições de prestar depoimento à polícia.

O pai de Eloá está internado no mesmo hospital. Ele foi sedado depois de entrar em choque com o fim trágico do seqüestro, que durou mais de 100 horas. Segundo Rosa Aguiar, a mãe da adolescente já foi liberada e está em casa.

Lindembergue é transferido para cadeia de SP



Lindembergue é transferido para cadeia de SP

Lindembergue Alves, 22 anos, foi transferido nesta madrugada para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Ele estava em uma cela do 6º Departamento Policial (DP) de Santo André, no ABC paulista.O seqüestrador foi preso depois de manter sua ex-namorada Eloá refém por 101 horas em um apartamento de Santo André, na região do ABC paulista. Lindembergue invadiu o apartamento na segunda-feira, quando a jovem estava acompanhada de uma amiga e dois colegas de escola. Eles fariam um trabalho para aula quando todos foram rendidos.

Ele libertou os dois adolescentes na segunda-feira e Nayara, 15 anos, na terça-feira, após mantê-la no apartamento por 33 horas. O seqüestro teria sido motivado pela recusa de Eloá de reatar o namoro.

Na quinta-feira, a Nayara voltou ao apartamento onde estavam Lindembergue e Eloá. Ela ainda permaneceu lá até o desfecho do seqüestro e foi atingida por um tiro próximo do boca, mas não corre risco de morte. EU AVISEI , ATIRADORES DE ELITE NELE.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Greve: policiais civis entram em confronto com PMs

Policiais civis que realizavam uma passeata nesta tarde nas proximidades do Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, entraram em confronto por volta das 16h com policiais militares. A Polícia Civil está em greve no Estado desde o dia 16 de setembro. Os manifestantes teriam tentado furar um bloqueio da PM. Ainda não há a confirmação do número de feridos, mas o Hospital Israelita Albert Einstein confirmou que recebeu vítimas do confronto.

Lei Seca: Em Brasília, Filho de Diplomata dirige Bêbado e não vai Preso!


Parece notícia repetida, mas não é. Está no Estadão de hoje mais um caso que põe em cheque a famosa Lei Seca, que em minha opinião já virou lenda. A “poeira baixou” e as coisas voltam a ser como antes no país da impunidade.

Senão, como explicar o porquê do estudante de medicina Sebastian González Ayala, 19 anos, filho do embaixador do Paraguai, Luiz Gonzales Arias, que após bater em dois veículos, foi detido, se recusou a fazer o teste do bafômetro e saiu impune sob escolta de uma viatura da PM! Um completo absurdo!

Segundo a Convenção de Viena, tratado internacional do qual o Brasil faz parte, ele não responderá a processo e não perderá a permissão para dirigir. Nem mesmo irá pagar a multa de R$ 957. Nem ao menos foi para a Delegacia prestar depoimento.

Segundo o comandante do Batalhão Rio Branco tenente coronel Alair Garcia Júnior, ele será beneficiado pela “inviolabilidade”, que é extensiva aos familiares dos diplomatas.

Ou seja, pode fazer o que quiser e mais um pouco! Mais um tapa na cara da sociedade.

Fonte: O Estado de São Paulo

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Rapaz garante à polícia que vai liberar ex-namorada refém, mas não dá prazo


ÃO PAULO - Lindemberg Fernandes Alves, 22 anos, que mantém refém a ex-namorada Eloa Cristina Pimentel da Silva, 15 anos, em Santo André, afirmou em entrevista à TV Globo que pretende liberá-la, mas não tem prazo para isso. Ele disse que não vai avisar a hora, nem o momento. O industriário contou que garantiu à polícia que a refém ficará livre, mas disse que pede 'mais um tempo' quando os negociadores ligam para seu celular.

- Eu falei para eles que vou liberar, como liberei a Naiara e os outros dois jovens. Não vou avisar a hora. Eu libertei três e não aconteceu nada de mau. Então por que eu vou mudar meus planos? Mas não vou avisar a hora, nem o momento. Vai acontecer e pronto - disse Lindemberg.

Lindemberg contou que tentou ter uma conversa definitiva com a ex-namorada após o fim do relacionamento, mas Eloa não lhe deu atenção.

- Eu tentei resolver conversando, mas ela (Eloa) virava as costas para mim e me deixava falando. Eu pensava dia após dia em casa para não fazer besteira e tentava de novo conversar. Eu tinha deixado bem claro para a família dela que não queria voltar com ela, queria ter uma conversa com sinceridade. E ela não queria, não aceitava uma conversa - desabafou por celular. Nesta manhã, a polícia retomou a negociação com Lindemberg. Por volta de 12h20m, Eloa foi à janela e conversou com policiais. Uma corda feita com lençóis foi jogada, aparentemente para entregar comida para os dois jovens.
Amiga é liberada e conta que Eloa apanhou

Logo após ter sido libertada, Naiara contou que Lindemberg agrediu Eloa com chutes, tapas e puxões de cabelo. Segundo ela, as duas ficaram a maior parte do tempo amarradas.Os dois meninos que estavam com elas também apanharam.

Nesta quarta, Alves apareceu armado na janela por volta de 7h30m. Desta vez, não disparou. A polícia pediu que a imprensa se afastasse. Duas sacolas plásticas, aparentemente com lixo, foram jogadas pela janela. Um pano que cobria o vitrô do banheiro foi retirado.

Desde o início do seqüestro, Lindemberg efetuou pelo menos quatro tiros em direção a policiais e jornalistas que permanecem no local.

Durante a madrugada, a polícia não conseguiu fazer contato com Lindemberg. Por volta das 4h, houve uma troca de equipe do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) e mais de 15 homens cercaram o prédio onde os dois estão.

Os policiais desrosquearam uma lâmpada do quarto andar, um acima do local do crime. Os PMs escalaram o edifício, mas não invadiram o imóvel.

A Polícia Militar cortou a energia elétrica do apartamento às 16h de terça, mas restabeleceu às 22h10m para que a bateria do celular do rapaz fosse recarregada. Em troca, ele libertou Naiara.
Possessivo e ciumento

Segundo os policiais, Alves estaria inconformado com o fim do namoro com a adolescente. O rapaz foi descrito como "possessivo e ciumento". O namoro teria sido sido rompido por ele, que se arrependeu e quis voltar. A adolescente não aceitou.

ATIRADORES DE ELITE ONDE ESTÃO VOÇÊS?????

Belo Horizonte: Quintão diz que sofre ameaças de morte

O candidato à prefeitura de Belo Horizonte e deputado federal Leonardo Quintão (PMDB) disse, após participar de um debate com o adversário, o candidato Márcio Lacerda (PSB), que vem sofrendo ameaças de morte anônimas por telefone. "Estão dizendo que vão me pegar na rua, que vão acabar comigo, me dar 'porrada'. Eu vou hoje até a Polícia Federal pedir proteção", afirmou.

O debate aconteceu no colégio Dom Silvério, bairro Santo Antônio, e foi promovido pelo jornal Folha de S.Paulo. Quintão disse que tem dificuldade de participar de eventos de campanha porque tem sido perseguido por pessoas que seriam militantes da campanha de Lacerda. Quintão informou que registrou duas ocorrências policiais relatando as supostas ameaças de morte. "Estou correndo risco de vida aqui em Belo Horizonte. Teve briga ontem (na UFMG), bateram no meu pessoal, e é gente contratada. Militantes do Márcio (Lacerda) com bandeiras", concluiu.

A assessoria de imprensa da campanha do candidato Márcio Lacerda foi contatada, mas ainda não se pronunciou sobre o caso.

domingo, 12 de outubro de 2008

Miss Penitenciária eleita em RO ganha TV 14 polegadas


A detenta Poliana Rocha de Paula, 21 anos, foi eleita Miss Penitenciária de Rondônia, na noite de ontem, na primeira edição do concurso no Estado. Com 1,67m de altura, Poliana concorreu com outras nove reeducandas da Penitenciária Feminina de Porto Velho. Nas eliminatórias, em 15 de setembro, concorreram 21 apenadas. Destas, 10 foram para a final. As três primeiras colocadas foram premiadas, respectivamente, com uma televisão de 14 polegadas, um aparelho de som e um secador com prancha para cabelo. Também houve a entrega de faixas de reconhecimento, como miss revelação, simpatia, petit oficial, rainha, 1ª e 2ª princesa.

Um salão de beleza da cidade ofereceu gratuitamente a produção das finalistas, que desfilaram em traje de gala na passarela. Elas tiveram a orientação da modelo profissional Laís Silgueira que é filha de uma das agentes que trabalha na unidade prisional.

A vencedora, Poliana, acredita que o título possa impulsionar sua carreira quando ganhar a liberdade. "Sonho em cursar uma faculdade e construir uma família, por isso espero que este título contribua para que as portas do mercado de trabalho se abram para mim, pois já falta pouco tempo para sair da penitenciária", disse Poliana.

O secretário de Estado de Justiça de Rondônia, Gilvan Cordeiro Ferro, afirmou que o concurso é um meio de valorização e resgate da auto-estima das detentas. "Priorizamos no Sistema Prisional o trabalho de humanização e reinserção social, pois devemos acreditar nos valores da pessoa humana, sem abrir mão da aplicação rígida da pena, conforme preconiza a legislação", afirmou.

O evento, realizado no Sest-Senat, foi promovido pelo governo do Estado em parceria com a Vara de Execuções Penais da Comarca da Capital e com o Conselho da Comunidade.
VOU PRENDER UMA GOSTOSA DESSA LÁ EM CASA.

Lula diz que já baixou músicas na internet



O presidente Luiz Inácio Lula da Silva revelou nesta sexta-feira (10), durante entrevista exclusiva para os portais de Internet, que já baixou três músicas na web. Ele disse que queria presentear os governadores Cid Gomes (Ceará) e Jaques Wagner (Bahia). O presidente demonstrou preocupação com o futuro da indústria fonográfica.

“Eu acesso pouquíssimo a internet. Quando eu deixar de ser presidente da República eu vou acessar tudo que eu não tive direito, sobretudo música. Esses dias baixei música para dar ao Cid Gomes. Eu queria achar três musicas”, contou.

Uma delas, segundo o presidente, era a “Viola Enluarada”, dos compositores, Paulo e Sérgio Valle. “Depois eu queria achar uma música para o Cid Gomes, eu não sei porque eu estava lá com ele e comecei a cantar e ele falou: eu nunca ouvi essa música. Pois é do Ary Toledo, o famoso Comedor de Gilete, do Ceará. A outra, que eu queria dar para o Jaques Wagner, eu não sei o nome do cantor, mas que homenageia a Bahia”, contou.

Sem lembrar o nome da música, o presidente se aventurou a citar os versos. “A música diz assim: sou da Bahia, comigo não tem horário, não sou otário e ninguém pode zombar. Sou cabra macho, sou baiano toda hora”, afirmou. Segundo Lula, os dois governadores são muito jovens em relação a ele e não conheciam as músicas, por isso quis mostrá-las e baixou na internet.

Lula disse que não sabe como a indústria fonográfica vai conviver com o fenômeno da Internet e prevê que haverá uma chiadeira em breve. “Não sei como os donos das produtoras de CDs e DVDs vão sobreviver nesse mundo libertário que a Internet possibilita às pessoas. Não sei se estão exigindo alguma regulamentação, ou alguma coisa, mas em algum momento alguém vai começar a chiar para isso”, comentou.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Secretaria de Segurança do Rio apresenta novo blindado; especialistas criticam política de combate

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, apresentou nesta quinta-feira (9), no Centro Tecnológico do Exército, em Barra de Guaratiba, mais um "caveirão" para patrulhar a cidade. O novo blindado, que já ganhou o apelido de "caveirinha" por ser mais compacto, será usado no policiamento em áreas de risco e no transporte de presos.

O veículo, que tem capacidade para seis detentos e cinco policiais, suporta tiros de fuzil, inclusive nos pneus. Com seis toneladas e velocidade máxima de 130km/h, o carro tem parede blindada com visores para separar policiais e presos e uma divisão para que integrantes de facções rivais não fiquem juntos. Os gastos com esta nova aquisição do governo do Estado não foram divulgados.Em menos de dois meses, esse é o 11º veículo blindado adquirido pela Secretaria de Estado de Segurança. Em agosto foram comprados nove "caveirões", viaturas com capacidade para 20 pessoas. Até agora, cinco já foram entregues. O gasto foi de R$ 360 mil para cada unidade. No mês de setembro, a instituição pagou R$ 8 milhões em um helicóptero blindado, batizado de Huey II.

Segundo Beltrame, o novo carro "é 100% nacional e todas as peças têm reposição". Nos próximos 60 dias, o compacto entrará em fase de testes e, inicialmente, será usado para patrulhamento nas vias expressas do Rio.

"Vamos ter o retorno dos policiais, após os testes, para ver o desempenho. Por enquanto é só esta unidade, mas, com os ajustes, poderemos adquirir este equipamento em série. Tenho certeza que, a partir daqui, poderemos fazer mais veículos desta natureza para patrulhar a cidade", explicou o secretário.O professor de História e integrante do Núcleo de Estudos de Cidadania e Violência Urbana da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Marcos Breda, acredita que o patrulhamento nos morros deveria ser feito de forma mais sutil, pois esses carros não são bem recebidos pelos moradores. "Caveirão é feio. As comunidades experimentam isso como um incômodo", disse.

A professora da Escola de Serviço Social da UFRJ, Paula Poncioni, discorda da escolha da secretaria. "Não é necessário. A guerra tal como é colocada não existe", afirmou.

"A capacidade de controlar está além do caveirão. No Rio de Janeiro o que a gente vê é o papel da Polícia Militar predominantemente de combate, quando o papel é preventivo", afirmou. Paula acredita que o investimento feito nesses veículos poderia ser usado em outros instrumentos, e questiona: "As armas não-letais onde estão? Treinamentos estão acontecendo?".

Bretas defende o uso do veículo no princípio de proteção ao policial, mas alerta que essa política de enfrentamento não é a melhor saída. "Essa intervenção, mesmo que produza resultados, paga um preço muito alto. O policial está em risco o tempo todo", criticou. "Tem que entrar e permanecer. Não pode entrar, trocar tiros e voltar no dia seguinte. Não adianta matar um traficante porque daqui a pouco tem outro no lugar", explica.

Ele aponta que a ocupação em áreas de risco deve ser feita de maneira lenta e inteligente. Mas, segundo o professor, a escolha dos 'blindados' pode funcionar como uma solução barata, uma vez que qualificação dos policiais e expansão da equipe poderia custar muito mais.Foram adquiridos nove "caveirões" novos, ao custo de R$ 360 mil cada
Em setembro, a instituição pagou
R$ 8 mi em um helicóptero blindado

Grandes momentos presidenciais

Eu não tenho nem idéia de quando nem quem me enviou esse vídeo. Eu estava fazendo uma faxina pelos meus arquivos e acabei me deparando com a pérola. Lembro que pensei em publicar no passado, mas devido a polêmica que poderia ser gerada, achei por bem deixar-lo de lado!

Sem mais delongas, assista alguns grandes momentos presidenciais, com destaque especial para nosso ilustríssimo presidente!

Desculpem pela baixa qualidade do vídeo (me refiro a imagem, não ao conteúdo)!

terça-feira, 7 de outubro de 2008

bebi,bebi e bebi de novo ?

Lembra da figura que protagonizou o vídeo abaixo?

Inesquecível, claro. Um absurdo que, por ingenuidade minha, pensei que houvera sido punido pela Lei Seca.

Que nada… Ele foi ouvido e liberado. Disseram que a Carteira de Habilitação fora apreendida, uma multa aplicada e morreu o assunto.

Eis que ontem, mais uma vez, este mesmo cidadão provocou outro acidente ao bater em um carro que vinha em direção contrária. Tentou fugir, mas o motorista atingido perseguiu e conseguiu parar o infrator. Sim, era ele mesmo… Novamente o “Bêbado de Pijama”, como ficou conhecido na época.

E para surpresa geral testemunhas afirmaram que ele estava sim com a carteira de Habilitação. Foi novamente preso e apesar do teste do bafômetro apontar 0,66 g de álcool por litro de sangue, novamente foi solto com a ajuda de seus advogados.

Lei Seca? É pra inglês ver.

Quem pensava que ser pego dirigindo embriagado, em plena época de Lei Seca, seria uma lição para nunca mais ser esquecida, estava enganado. Pelo menos foi o que demonstrou, na noite de anteontem, o empresário Helisson Alain Miranda, de 39 anos, flagrado, pela segunda vez, dirigindo bêbado. De acordo com o Polícia Civil, dessa vez, o homem que em julho foi detido alcoolizado e de pijama, bateu o carro em outro, quando dirigia na contramão em uma rua do bairro Salgado Filho, na região Oeste de Belo Horizonte.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, militares fizeram o teste do bafômetro e confirmaram a embriaguez. Miranda foi levado para o plantão do Detran-MG e liberado em seguida.
O homem que, segundo a Polícia Civil, já responde por dirigir embriagado, dessa vez pode ficar sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O Detran-MG informou, através da assessoria, que analisa a reincidência para então decidir se ele terá a carteira provisoriamente devolvida.

Veja as curiosidades das eleições municipais

Candidatos a prefeito de cidade mineira terminaram empatados.
E Salvador elegeu o primeiro vereador transformista de sua história.


De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o primeiro turno das eleições municipais custou aproximadamente R$ 462 milhões, o que representa mais de 88% do total de recursos disponíveis para o pleito (R$ 523 milhões). O resultado da apuração do primeiro turno das eleições municipais produziu uma série de histórias curiosas em vários estados.

No município mineiro de Dom Cavati, a eleição terminou empatada. Segundo a legislação eleitoral, em caso de empate o candidato mais velho é declarado vencedor. Assim, Jair Vieira (DEM) é o novo prefeito da cidade, após ter empatado nas urnas com Pedro Euzébio Sobrinho, o Pedrinho (PT), com 1.919 votos cada um.

Em outros cinco municípios, a decisão da eleição para prefeito foi decidida por um voto. O fato curioso aconteceu nas cidades de São Martinho (RS), Saldanha Marinho (RS), Jussara (PR), Nazaré (TO) e Arantina (MG), segundo o TSE.

Na cidade de Benedito Leite, (MA), as eleições foram canceladas pela Justiça Eleitoral do estado depois que eleitores descontentes atearam fogo em um galpão onde estavam guardadas as 16 urnas do local.

E em Propriá (SE), o candidato eleito, Paulo Britto (PT), é irmão do presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, que fez questão de salientar: “Eu não ajudei em absolutamente nada”.


Na disputa entre os partidos, o PMDB lidera o número de prefeituras conquistadas. O partido já elegeu 1.200 prefeitos no país. E o PT disputará o maior número de segundos turnos.

Vereadores mais votados

O candidato Gabriel Chalita (PSDB) foi o vereador mais votado em São Paulo com 102.048 votos válidos. No Rio, Lucinha (PSDB) foi a mais votada com 68.799 votos. Em Porto Alegre, Maurício Dziedricki (PTB) foi o candidato a vereador com maior número de votos: 15.454 .

Em Belo Horizonte, o mais votado foi o Professor Elias Murad (PSDB) com 15.473 votos. Em Curitiba, Roberto Aciolli (PV) foi o primeiro com 17.377 votos.

Campanha com o número errado

As eleições para vereador também renderam curiosidades. Em Pejuçara (RS), a candidata Cinara Salles Mioso, fez campanha eleitoral com o número errado. Ao invés de 13.612, ela fez a campanha com o número 13.162. Resultado: teve apenas seis votos válidos.



Transformista Leo Kret do Brasil foi eleito vereador em Salvador (Foto: Genilson Coutinho/VC no G1)

João Buzo também errou o número nos seus ‘santinhos’. Mesmo com o infortúnio, ele se elegeu com 144 votos para uma das nove cadeiras da Câmara Municipal de Gabriel Monteiro (SP).


Em Salvador, a Câmara Municipal terá uma de suas cadeiras ocupadas pelo transformista Leo Kret do Brasil, que foi o quarto mais bem votado das eleições para vereador.

Bin Laden e Zidane não são eleitos

Os candidatos que se inscreveram com os nomes de Bin Laden e Zidane não conseguiram se eleger. Assim como a candidata mais velha do país.

Boca-de-urna vira castigo em quartel

No domingo (5), 208 candidatos foram presos, a maioria por fazer boca-de-urna. De acordo com a Justiça Eleitoral, foram registradas 4.656 ocorrências e 1.541 prisões. Um menor de idade foi flagrado por um mesário tentando votar com o título de eleitor de outra pessoa, numa seção do bairro de Jordanésia, na cidade de Cajamar, na Grande São Paulo. E em São Leopoldo (RS), dez pessoas foram flagradas fazendo boca-de-urna e pagaram suas penas limpando o quartel da Brigada Militar.

10 grandes impostores da história

Não são poucos os impostores conhecidos da história e muito menos os atuais travestidos de políticos, de pastores, cantores,etc. Mas esta lista representa bem a classe deste bando de gente "muy esperta". Muitos deles fizeram do embuste uma verdadeira arte... um verdadeiro modo de vida.

1. Víctor Lustig. O homem que vendeu a torre Eiffel.
Seu primeiro golpe foi vender uma máquina para imprimir dinheiro que não funcionava bem.

Em 1925, após ler nos diários os problemas que a cidade de Paris tinha com a manutenção da torre Eiffel, Lustig fez-se passar por um emissário do governo francês junto a um grupo de pessoas que trabalhava com metal dizendo que a manutenção da torre era tão cara que já era impossível mantê-la e que queriam vender o seu metal. Vendeu a torre a um dos interessados e pegou um trem para Viena com uma mala cheia de dinheiro. o comprador sentiu-se tão humilhado que não foi à polícia dar queixa.

Logo que chegou aos EUA em 1907, fugido do velho continente, Lustig conseguiu convencer Al Capone a investir 40 mil dólares na bolsa de valores. Lustig ficou com o dinheiro e colocou num cofre particular em um banco por dois meses, depois disse a Capone que tinha perdido tudo. Impressionado com a integridade de Lustig, Capone deu-lhe mais 5 mil dólares.

Logo após algumas outras fraudes e roubos em solo americano foi preso e enviado à prisão de Alcatraz.

2. Frank Abagnale, Prenda-me se for capaz.
Frank William Abagnale Jr, nasceu em 27 de abril de 1948, começou a carreira de embusteiro na década de 60. Sua primeira fraude foi depositar cheques de sua própria conta, absudarmente aceito e depositado pelo banco.

Por um período de dois anos fingiu ser piloto da Pan Am para viajar gratuitamente pelo mundo. Depois fez-se passar por um pediatra num hospital na Geórgia. Tinha um diploma de advogado falso de Harvard e assim passou no exame para ser o desembargador geral do estado da Lousiana.

Em 5 anos teve oito identidades, a maioria para trocar cheques, e também emitiu cheques sem fundos de mais de dois milhões e meio de dólares em 26 países. O dinheiro foi todo utilizado no seu caro estilo de vida nas festanças com belas aeromoças, caros banquetes em restaurantes caros, roupas finas, etc.

O filme "Prenda-me se for capaz" é baseada em suas fraudes. Atualmente tem uma companhia que se chama Abagnale e Associados, companhia de consultoria de fraudes financeiras.

3. Christopher Rocancourt, o Rockefeller francês."Passou a perna" em muitos milionários fazendo se passar por um membro francês da família Rockefeller.

Sua mãe trabalhava como prostituta e seu pai era um alcoólatra que o levou para um orfanato quando tinha 5 anos. De lá fugiu e foi para Paris onde cometeu sua primeira fraude, falsificar papéis de uma propriedade e depois a vendeu por 1.4 milhões.

Para chegar aos USA, usou muitos nomes diferentes, em Los Angeles fez-se passar por um produtor de cinema, um boxeador e um executivo. Dizia que sua mãe era a "Sophia Loren" ou que seu tio era Dino de Laurentis, e se relacionava com várias celebridades. Casou-se com a modelo da playboy Pia Reis, tiveram um filho, Zeus.

No Canadá, Rocancourt escreveu uma autobiografia na qual ridicularizou suas vítimas. Em março do 2002 foi extraditado para Nova York, declarou-se culpado de 3 dos 11 crimes imputados. Dizem que ganhou mais de 40 milhões de dólares em golpes.

4. Ferdinand Demara, o grande impostor.Esteve na marinha americana em 1941 e começava novas vidas usando os nomes de seus colegas de navio, quando a coisa ficava feia se suicidava e começava com outro nome. Viveu bastante tempo como psicólogo da marinha até que descobriram a fraude e foi para a prisão por 18 meses.

Quando foi solto passou por várias carreiras pseudo-acadêmicas, foi engenheiro civil, um delegado, médico, advogado, professor, monge beneditino, editor, pesquisador do câncer e maestro. Nunca fez muito dinheiro, só aproveitava a respeitabilidade temporária.

Sua mais famosa fraude foi se passar por um cirurgião na guerra contra a Coréia, fez operações e combateu infecções com penicilina, isto até que o descobriram. Morreu em 1982 como um pastor batista. O filme "O grande Impostor" é baseado na sua vida.

5. David Hampton.Era afro-americano, como não podia entrar na danceteria disco Studio 54, disse que era filho do grande ator Sidney Poitier e rápido o colocaram para dentro como uma celebridade e com tudo grátis. Começou a usar a identidade de David Poitier para comer grátis em restaurantes e a convencer a muitas pessoas a lhe dar guarida dizendo que seu pai o havia expulsado de casa. Também pedia dinheiro emprestado. Caíram no golpe Melanie Grifith, Gary Sinise e Calvin Klein. Para algumas pessoas disse que era amigo de seus filhos, e a outros que sua bagagem havia extraviado no avião ou ainda que acabara de ser roubado.

Em 1983 Hampton foi preso e por suas fraudes foi condenado a pagar 4490 dólares a suas vítimas. Sua história inspirou o filme "Six degrees of separation" interpretado por Will Smith. Morreu de complicações pela AIDS em 2003.

6. Milli Vanilli, a dupla pop que não sabia cantar.
Era uma dupla vocal pop composta por Fab Morvan e Rob Pilatus, que foi criada na Alemanha na metade dos anos 80.

Começaram a ganhar fama a nível mundial em 1988. Ganharam o prêmio grammy como artistas revelação em 1990. Mas nesse mesmo ano durante uma apresentação ao vivo na MTV, com a canção "Girl you know it's true" teve lugar um dos momentos mais vergonhosos da música pop mundial.

Na verdade o som de Milli Vanilli era criado por Frank Farian interpretado por outros cantores, Morovan e Pilatus não cantavam nada, só mexiam a boca. Após o vexame tiveram seu prêmio grammy retirado e foram processados vinte e seis vezes por fraude.

7. Cassie Chadwick, a filha ilegítima de Andrew Carnegie.É o mais famoso nome de uma canadense nascida como Elizabeth Bigley. À idade de 22 anos foi presa em Woodstock, Ontário, por falsificação, mas foi solta por se declarar louca. Em 1882 casou-se com Wallace Springsteen, que onze dias depois fugiu ao saber de seu passado. Depois casou-se com um tal Dr. Chadwick em 1897, e ai iniciou sua fraude de maior sucesso: disse que era filha do rico Andrew Carnegie, falsificou um cheque de 2 milhões de dólares com a assinatura do milionário. Entre um golpe e outro usando o famoso sobrenome obteve entre 10 e 20 milhões de dólares.

Quando perguntaram a Andrew Carnegie sobre sua filha "aprontadora", disse que nem sequer a conhecia, e tudo veio abaixo, prenderam-a e o julgamento foi o maior circo da época. Morreu na prisão.

8. Mary Baker, a princesa caraboo da ilha de Javasu.
Em 1817, um sapateiro na Inglaterra, conheceu uma mulher desorientada com roupas exóticas, que falava uma linguagem que ninguém conseguia entender. Os locais trouxeram estrangeiros para ver que idioma falava aquela mulher, até que um marinheiro português "traduziu" sua história, era a princesa caraboo da ilha de javasu, no oceano índico, ela tinha sido capturada por piratas que depois a atiraram pela borda e nadou até a praia. Nas semanas seguintes a representante da realeza exótica foi a favorita dos dignitários locais. Usava arco e flechas, esgrima, nadava sem roupa e rezava a deus, a quem chamava de Allah Tallah. Ganhou roupas exóticas e fizeram um retrato que saiu nos diários.

Eventualmente a verdade apareceu: ela era a filha de um sapateiro, Mary Baker de Devon. Havia sido criada em vários palácios da Inglaterra, mas não enco
ntrava um lugar para ficar. Inventou o idioma falso de sua imaginação e palavras ciganas. Tentou fazer o mesmo nos USA, França e Espanha sem a mesma sorte, sua história é a base para o filme "Princess Caraboo".

9. Wilhelm Voigt, o divertido capitão de KopenickFoi um impostor alemão que se disfarçou como militar da Prússia em 1906 e se converteu no famoso capitão de Kopenick.

Em 1906 comprou parte do uniforme usado de um capitão e já em Kopenick, foi ao quartel da marinha, onde ordenou que quatro soldados e um sargeto lhe seguissem.

Mandou prender o secretário do povo e o prefeito por suspeitas de maus manejos de fundos, levou junto o tesoureiro a Berlim para também ser interrogado. Depois disse aos guardas que o seguiam que aguardassem em seus postos por meia hora e foi para a estação de trem onde trocou de roupa e se foi.

Não foi muito longe, foi preso e sentenciado a quatro anos de prisão por falsificação, e por se passar por um oficial e fazer prisioneiros indevidamente, apesar de tudo a opinião pública estava a seu favor, o Kaiser alemão o perdoou dois meses depois dizendo que pareceu divertido o que fez.
10. George Psalmanazar o primeiro de Formosa em visitar a Europa.
Disse ser o primeiro de Formosa em visitar a Europa. Apareceu no norte de Europa no ano 1700, sua aparência era européia, mas dizia vir da longínqua ilha de Formosa, seguia um calendário estrangeiro que adorava o sol e a lua.

Psalmanazar publicou o livro "uma histórica descrição da ilha de Formosa", uma ilha sujeita ao imperador do Japão, e revelou uma quantidade de hábitos estranhos. Formosa era um país prospero com muito dinheiro e uma cidade capital chamada xternetsa. Os homens andavam nus, só com prata e ouro cobrindo suas partes. Seu alimento principal era a serpente que caçavam com ramos de árvore. Eram polígamos e o marido tinha o direito de comer, literalmente, às esposas por infidelidade. Executavam assassinatos pendurando às pessoas de cabeça para baixo e disparavam flechas. Anualmente sacrificavam os 18 mil jovens para os deuses e os sacerdotes comiam os corpos. Usavam cavalos e camelos como transporte público, o livro também descrevia o alfabeto de Formosa.

O livro fez um enorme sucesso, o próprio bispo de Londres recomendou a sua leitura. Foi chamado a discursar ante a sociedade real. Depois ficou cansado do engano e em 1706 confessou, primeiro a seus amigos e depois em público.

MP autoriza BC a socorrer bancos pequenos e médios em dificuldade


BRASÍLIA - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou, na noite de segunda-feira, a medida provisória (MP) que acabou confirmando os rumores de dificuldades de os pequenos bancos se manterem no mercado, em razão da falta de crédito. Apesar de, na última sexta-feira, o BC ter autorizado as grandes instituições financeiras a comprar as carteiras de bancos de pequeno e médio portes, não houve retorno positivo e as ameaças continuavam.

Míriam Leitão: BC assume riscos maiores do que deveria

Segundo o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, será implementado um redesconto diferenciado, pelo qual o BC poderá comprar a carteira de crédito de bancos pequenos e médios, garantindo-lhes capital de giro. Não há limite, preliminarmente, para os desembolsos. Mas ele nega risco urgente dos bancos:

fonte G1

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

sábado, 4 de outubro de 2008


Imagine a seguinte situação: O Zezinho da favela comunidade do Buraco Quente tinha uma birosca e decide que vai vender cachaça "no caderninho" aos seus leais fregueses, todos bebuns, quase todos desempregados ou trabalhadores de baixa renda.

Porque decidiu vender a crédito, ele pode aumentar um pouquinho o preço da dose da branquinha (a diferença é o sobrepreço que os fregueses pagam pelo crédito).

O gerente do banco do Zezinho, um ousado administrador formado em Economia e com MBA, decide que os caderninhos das dívidas da birosca constituem, afinal, um ativo recebível, tecnicamente mais rentável que outras aplicações e começa a adiantar dinheiro ao estabelecimento tendo os pinguços como garantia. Para as agências de classificação de riscos esses papéis, o caderninho, possui um risco maior que é compensado pelos lucros mais vantajosos.

Executivos e palpiteiros das agências de risco lastreiam os tais recebíveis do banco e os transformam em CDB, RDB, CDO, CCD, UTI, OVNI, SOS ou qualquer outro acrônimo financeiro que ninguém sabe exatamente o que quer dizer. Esses adicionais instrumentos financeiros, alavancam o mercado de capitais e conduzem a operações estruturadas de derivativos na bolsa, cujo lastro inicial todo mundo desconhece (o tal caderninho da birosca do Zézinho).

Esses derivativos estão sendo negociados como se fossem títulos sérios, com fortes garantias reais, nas bolsas de valorer e mercados financeiros de 73 países. Até alguém descobrir que os bêbados fregueses da birosca do Zezinho não têm dinheiro para pagar as contas e a birosca vai à falência.

Com isso o banco credor do Zezinho verifica que sem receber está quebrado. A seguradora do banco também quebra, as seis instituições que haviam comprados títulos do banco também quebram, todo mundo que tinha ações dos bancos e seguradoras tentam se livrar delas. Como todos querem vender as ações despencam e as bolsas também. Então todo mundo começa a sacar dinheiro das contas correntes para guardar em casa. Todo o sistema financeiro começa a implodir.

Para consertar essa m**** toda, o presidente convence o senado e o congresso a pegar o dinheiro que cidadãos honestos e trabalhadores pagaram em forma de impostos e compra as tais dívidas.

Foi isso que aconteceu...

Igreja Aceita Pagamento com Cartão de Crédito


Máquina de cartão de crédito que será usada na Catedral de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, a partir da próxima semana. Esta será a primeira igreja católica do Brasil a utilizar o sistema para pagamento do dízimo. A igreja também deve receber pagamentos de casamentos e batizados no cartão.

Tô achando que vou me comportar daqui pra frente,porque no céu provavelmente tera internet!

(fonte uol)

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Pérolas do Horário Politico em São Paulo

pra mim em São Paulo estão as melhores pérolas políticas do Brasil , dá uma olhada no que rola por lá.
peguei lá no revoltado doa

Conheça o Barebacking, a roleta russa do sexo


O título desse post pode assustar, mas embora pareça sensacionalista, ilustra bem a nova moda entre os norte-americanos que, em busca de aumentar o prazer sexual fazem festas "roleta russa", cuja atração principal é o risco de contrair AIDS.

Tudo começou em São Francisco, com o surgimento das "barebacking parties", festas organizadas para que todos mantenham relações sexuais sem o uso do preservativo e das "Russian Rolette Partie", na qual 10% das pessoas são soropositivas e as demais negativas. Nesse tipo de festinha, somente o organizador sabe quem são os infectados com o vírus (chamados de "presente") e é estritamente proibida a entrada, uso e venda de preservativos - ou seja - entrou, está exposto.

Além disso, é crescente o número de casais homosexuais que se contaminam voluntariamente, a fim de assumir uma situação de igualdade diante do parceiro e com isso livrar-se definitivamente do uso da camisinha.

À essa altura você deve estar se perguntando se existe alguém que apóia tais iniciativas. A resposta é positiva. Segundo a revista Veja, o mais influente ativista contra o uso da camisinha, o californiano Tony Valenzuela, é famoso pelos seus discursos inflamados contra a prevenção. "O sexo sem preservativo tem um valor original que resulta em elevado nível de intimidade e erotismo incomparável."

Segundo os ideais bareback, essa foi a forma encontrada para questionar a sociedade, seus dogmas sexuais e mentiras. O próprio sucesso nos tratamentos da AIDS acabou influenciando esse movimento. Hoje, com a ajuda de coquetéis e medicamentos, a sobrevida de um soropositivo aumentou para vinte anos ou mais, o que diminuiu proporcionalmente o número de mortes em conseqüência da doença, desde 1996. Entretanto, a situação é tão alarmante que algumas comunidades gays européias descrevem casos de desempregados que se contaminaram propositalmente para obter benefícios oferecidos aos portadores do vírus da AIDS, como auxílio moradia, alimentação e tratamento.

Bom, os comentários estão abertos para as considerações.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Saiba o que fazer em caso de documentos roubados


Diante do grande número de brasileiros vítimas de fraudes, o governo federal quer implantar, a partir de 2009, um cartão de identidade com chip. O novo modelo dificultaria a falsificação de documentos, que já causou um prejuízo estimado em R$1 bilhão por ano, segundo Federação Brasileira dos Bancos.

A previsão é de que, em 2018, todas as carteiras de identidade do Brasil tenham sido substituídas. Por isso, para fugir das fraudes, quem tiver documentos roubados deve procurar a polícia, comunicar o banco e fazer um alerta de roubo e furto dos documentos no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e na Serasa.

Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas do Rio de Janeiro, pouca gente sabe que é importante fazer esses alertas, com ou sem um boletim de ocorrência (B.O.), comunicação legal do roubo. Eles podem ser feitos no SPC ou na Serasa, em alguns estados, até mesmo pela internet ou pelo telefone.

Quem registrou o alerta sem B.O. tem cinco dias para providenciar esse documento, para que o aviso do roubo continue cadastrado no SPC e na Serasa. Por ano, cerca de 1,5 milhão de documentos são roubados, furtados ou extraviados, todos sujeitos a fraudes.

“Qualquer comerciante que é filiado ao SPC, ao fazer a consulta cadastral daquela venda a crédito ou de alguém que esteja com aquele documento, ele pode impedir que se use o documento falso para venda a crédito”, afirma Carlos Monjardim, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Rio.

Assaltantes agem em lugares cheios

O administrador André Narciso Simon teve a carteira roubada e, logo após o crime, correu para uma delegacia e fez um boletim de ocorrência. Ele disse que foi abordado por dois homens armados em um lugar bastante movimentado. No entanto, mesmo após registrar o caso, ele não deixou de ser mais uma vítima da fraude em documentos.

“Eles (suspeitos) foram presos e condenados em três situações diferentes por crime de estelionato. E um desses assaltantes foi condenado com o meu nome e com o meu número de documento de RG”, declarou o administrador, que descobriu o golpe quando estava prestes a ser contratado como presidente de uma multinacional.

Luta na Justiça

Para as vítimas, a fraude traz ainda outros problemas, como fazer compras com cheque na esquina de casa. O filho da dona-de-casa Siley Paulino foi assassinado durante um assalto há três anos e vítima de fraude no Rio de Janeiro. Desde então, ela luta na Justiça.

“Após a morte do meu filho ainda ter este constrangimento de ter que correr atrás para limpar o nome do meu filho que já estava morto devido ao uso indevido do documento dele, que tinha sumido junto com ele após a morte dele”, afirmou Siley.

Aos 70 anos, o militar aposentado Omar Pereira teve os documentos furtados no ônibus que pega todos os dias para chegar ao trabalho. Ele teve que ir até o SPC, que fica na Câmara dos Dirigentes Lojistas do Rio de Janeiro, para se explicar. “Em poucos meses eu virei um inadimplente. Nem um carro velho eu posso comprar. É muito triste”, declarou.

Em Palmas (TO), a advogada Cláudia Soares teve mais sorte. Roubada dentro de uma loja, ela recebeu ali mesmo orientação para ir até à Câmara dos Dirigentes Lojistas e fazer o alerta de roubo.

“Fui prontamente atendida e nos momentos em que fui comprar ou ia fazer qualquer compra nova, aparecia essa restrição, eu apresentava o Boletim de Ocorrência. Foi uma segurança tanto para mim, quanto para os comerciantes”, disse.

Cargo de prefeito: a galinha dos ovos de ouro.




Segundo números do TSE, dos 15.425 candidatos a prefeito nas eleições deste ano, 810 são advogados e 04 são juízes de direito. Ainda, concorrendo à vice-prefeito temos 594 advogados e 3 juízes de direito. Para a Câmara dos Vereadores são 5.444 advogados e 12 juízes na disputa, entre os 379.388 candidatos a vereador registrados na Justiça Eleitoral.

Os números revelam que o processo eleitoral brasileiro continua na mesma: nas capitais os cargos a prefeito continuam a ser ocupados por aqueles que sempre os ocupam - aqueles que possuem verbas milionárias para a campanha, vinda sabe-se lá de onde, suficientes para propagandas suntuosas com direito a efeitos especiais e "hits" bem elaborados.

Nas cidades pequenas a situação não muda. Onde teoricamente os cidadãos engajados em trabalhos voluntários e com grande preocupação com a comunidade poderiam ter sucesso na disputa por cargos políticos, estes continuam a ser cobiçados por advogados, geralmente da seara trabalhista laboral, e médicos, na maioria das vezes distribuidores de atestados médicos para perícias do INSS. Segundo o TSE temos em primeiro lugar, concorrendo ao cargo de prefeito, os médicos seguidos pelos advogados, empresários, comerciantes e agricultores.

Infelizmente na maioria dos municípios, os candidatos anônimos, a despeito do grande histórico de ações comunitárias, não conseguem uma vaga na Câmara dos Vereadores ou no Poder executivo, quer por falta de dinheiro para campanha, quer por falta de representatividade junto à população - que teima em dar votos a quem aparece mais ou tem a "musiquinha mais bonitinha".

A motivação do candidato a prefeito/verador deveria ser única e exclusivamente a defesa dos interesses de sua comunidade. Teoricamente. Da análise dos fatos chegamos a uma questão: o que leva um juiz de direito, que ganha em média R$ 15 mil - levando em consideração que o vencimento aumenta ou diminui de Estado para Estado não sendo inferior a R$ 10 mil - com privilégios como inamovibilidade, irredutibilidade de vencimentos e vitaliciedade, deixar o seu cargo vitalício para se aventurar pela seara do mundo político? Será que um juiz serve melhor à sua comunidade sendo prefeito/vereador, que aplicando corretamente as leis nos Fóruns? Será um cargo efêmero de prefeito por 4 anos mais "proveitoso" que uma carreira VITALÍCIA no Judiciário?

Temos ainda casos de deputados federais/estaduais que abrem mão de seus cargos para tentar a prefeitura de algumas cidades do interior. O que faz com que esse deputado estadual/federal, que segundo dados divulgados pela ONG Contas Abertas (que utiliza como fonte o Sistema de Acompanhamento dos Gastos Federais) recebe por mês R$ 102,3 mil entre salários e verbas de gabinete, pleitear um cargo de prefeito, com modesmos vencimentos que giram em torno de R$ 10 mil? (média dos vencimentos dos prefeitos das Capitais brasileiras)

A resposta é simples: a verba municipal, apesar de reduzida é infinitamente mais fácil de ser manipulada em favor próprio que as verbas federais ou estaduais. Via de regra a motivação nunca é a defesa dos interesses da cidade, mas apenas os seus próprios - entre manipulação de vultuosas verbas e obtenção de prestígio na cidade.

No final o eleitor acaba sempre por encenar um dos dois papeis: palhaço ou cúmplice. Cúmplice quando elege aquele médico influente que distribui amostras de remédios e atestados do INSS, aquele advogado que ajudou o primo a ganhar uma causa trabalhista ou vende o seu voto, ignorando os candidatos realmente engajados na defesa dos interesses do município - que não tem verba suficiente para contratar carros de som barulhentos, distribuir santinhos que apenas servem para "emporcalhar" a cidade e elaborar musiquinhas contagiantes (ou enervantes).

O eleitor consciente que pesquisa e analisa o passado dos candidatos e a sua possível contribuição para sua municipalidade acaba por encenar o papel de PALHAÇO, pois infelizmente o seu voto não vale mais do que do que aquele dado em troca de atestados, ações trabalhistas ou cestas básicas. No final das contas - leia-se processo eleitoral - o que resta ao eleitor brasileiro CONSCIENTE é o gosto amargo de um processo eleitoral falido, da inutilidade de seu voto bem como de seu esforço cidadão. Chega-se mesmo a duvidar de todo o regime democrático, que segundo bem ilustrado na matéria do colega Spock do projeto SILI somente serve para perpetuar um sistema corrompido, composto em grande parte por pessoas igualmente corrompidas.

Eu admito que estou entre o rol dos palhaços e que, de 4 em 4 anos amargo o gosto da inutilidade de minhas pesquisas e ponderações sobre candidatos. E você leitor? É palhaço ou cúmplice?

Momento Agora Fudeu! (fail)

o jovem que se casou com Adelfa confessou sua homossexualidade


Reynaldo Waveqche (24) e Adelfa Volpes (82), o casal argentino que tinha 58 anos de diferença de idade e que se mostrava como uma "insólita história de amor" aparecendo em tudo quanto é canal de TV tanto lá quanto aqui, terminou protagonizando em realidade uma "perversa história de falso amor": tempo após a morte de Adelfa, Reinaldo declarou-se "viado".

- "Descobri minha homossexualidade graças a Cristian, uma pessoa que esteve nos momentos mais difíceis a meu lado durante muito tempo", expressou o jovem num programa de televisão popularesco da Argentina.

A dúvida se ele é ou não um caça fortunas dissipa-se aos poucos:

"Adelfa deixou um testamento e agora tudo é meu", expressou Reinaldo. Cabe destacar que ele não precisará trabalhar nunca mais já que a fortuna deixada pela mulher lhe rende uma pensão de 2.900 dólares ao mês.

Reinaldo diz que foi como um prêmio por estar muito tempo a seu lado e em seus últimos momentos.

- "Tive que ter paciência", afirmou o jovem.

Ao mesmo tempo, seu look está modificado:

- "Resolvi dar uma mudada no visual", confessou o rapaz que colocou "apliques" e colágeno nos lábios. Para concluir, o agora afetado jovem disse que nunca tinha demonstrado seu amor pelos homens por um respeito a sua apaixonada, já que Adelfa nunca poderia perdoá-lo.

só tenho uma coisa a dizer ,este post deveria estar na galeria dos "Grandes Filhos da Puta".